7 temas de Geografia que vão cair no ENEM

A prova do ENEM está chegando! O exame será realizado nos dias 05 e 06 de novembro e, quanto antes você estiver se preparando, maiores serão as chances de um bom resultado.

As questões de geografia costumam abordar alguns conceitos mais tradicionais e também assuntos da atualidade.

Preparamos dicas e possíveis novidades para a edição de 2016. Confira!

 

  1. Globalização:

A Globalização é um processo que integra as pessoas em diferentes partes do mundo, contribuindo para o estreitamento das relações capitalistas, através dos avanços dos transportes e telecomunicações. Este tema é figurinha carimbada em todos os exames, e normalmente é retratado nas questões por meio da Divisão Internacional do Trabalho. No mundo globalizado em que vivemos, as empresas transnacionais (ou multinacionais), possuem sede no país de origem e fábricas em regiões que possuam mão de obra barata e isenções fiscais. Tudo isso para baratear a produção. Para ficar mais fácil o raciocínio, podemos usar o exemplo de montadoras de automóveis. Determinada montadora tem sede na Alemanha e fábrica no Brasil. Os pneus são fabricados na China, o estofado é fabricado na Índia, os vidros são feitos no México, e assim por diante. Essa mobilidade para realizar os processos de produção e as negociações são o que de mais importante há na globalização. Tudo isso torna a produção mais barata, aumentando o lucro das empresas.

  1. Processo de Migrações Internacionais:

De maneira bem objetiva, significa o movimento de entrada ou saída de pessoas ou grupos de uma determinada região para outra. A banca do ENEM pode trazer para esta prova os movimentos migratórios que estão ocorrendo na Europa atualmente. Milhares de pessoas estão saindo de países da África, como Síria, Líbia e Egito, em direção a Europa. Esse processo tem gerado enormes conflitos nas fronteiras dos países europeus. Devido à baixa qualidade de vida e às guerras civis, a população dos países africanos vai buscando melhores condições de vida em regiões da Europa. Vale a pena o estudo do tema, pois, em 2016, esses conflitos se intensificaram.

  1. População Brasileira:

Esse tópico é comum em quase todos os vestibulares. Geralmente aparece sob a forma de “crescimento numérico da população brasileira nos últimos 50 anos e os fatores que contribuíram para isso”. Podemos destacar, então, o Êxodo Rural, que foi o movimento de saída da população do campo em direção à cidade, buscando melhores condições de vida. É importante compreender que a população teve um “boom” de crescimento, principalmente por conta da cultura de se ter muitos filhos, das melhores condições sanitárias e médicas, assim como do processo de urbanização. A população brasileira, que antes tinha altas taxas de natalidade / mortalidade e baixa expectativa de vida, passou diminuir as taxas de mortalidade, aumentando esta expectativa. Tudo isso, claro, por causa das melhores condições de vida decorrentes do passar dos anos. Ah, é importante estudar as pirâmides etárias!

  1. Urbanização e Industrialização Brasileira:

O processo de urbanização no Brasil teve início no século XX, a partir do processo de industrialização, que funcionou como um dos principais fatores para o deslocamento da população da área rural em direção à área urbana. Esse deslocamento, também chamado de êxodo rural – como já falamos -, provocou a mudança de um modelo agrário-exportador para urbano-industrial. Getúlio Vargas adotou o modelo de substituição de importações e fortaleceu as indústrias de base. Depois foi a vez de Juscelino Kubitschek, ao adotar a política industrial chamada de nacional-desenvolvimentista, investindo em infraestrutura, transportes, energia e comunicações. Com isso, milhares de pessoas foram atraídas para o sudeste, região que possuía maior infraestrutura. A partir da década de 1970, a maior parte da população já morava nas áreas urbanas.

  1. Clima e Meio Ambiente:

Esse tema é constante em quase todas as provas, pois tem impacto direto em nosso dia a dia. Saber quais são os fatores do clima, como eles atuam e as mudanças climáticas pode ser um diferencial para acertar esse tipo de questão. Além disso, compreender o conceito de clima e tempo pode ajudar a não confundir as respostas. Tempo é o estado atmosférico momentâneo de um determinado lugar; clima é o conjunto de condições atmosféricas que ocorrem com maior frequência em uma região. As questões sobre meio ambiente e impacto ambiental são muito frequentes e a aposta para este ano é a tragédia de Mariana, que ocorreu no final de 2015, na qual duas barragens da mineradora Samarco se romperam, trazendo um mar de lama em diversas cidades de Minas Gerais e destruindo a vida do Rio Doce. Importante compreender que o homem é um dos principais causadores de danos ao meio ambiente, seja de maneira direta ou indireta.

  1. Fontes de Energia:

Um mundo sem energia não seria possível e por isso a importância de se estudar este tema. Existem dois tipos de energia: Renovável, que tende a nunca ter fim e se renova mais rapidamente e Não-Renovável, que um dia chegará ao fim, pois seus recursos são limitados. No grupo das Renováveis podemos citar os seguintes tipos: Eólica (ventos), Solar, das Marés, Hídrica, Biomassa e Geotérmica. Já entre as Não-Renováveis, temos: Petróleo, Nuclear, Carvão Mineral, Gás Natural e Xisto. O Petróleo é a fonte de energia mais utilizada no mundo. No Brasil, cerca de 70% da energia é de origem hídrica (hidroelétricas). Este tema é bem amplo e geralmente as fontes de energia que costumam cair nas provas são o Petróleo (sua disputa/conflitos e importância no mundo) e a Biomassa (Etanol). As fontes de energia que possuem o menor impacto ambiental em termos de poluição são a Eólica e Solar. Vale uma atenção especial para a produção de Etanol no Brasil, que é a melhor do mundo, pois utilizamos o bagaço da cana-de-açúcar em vez de milho.

  1. Agricultura

Na prova do ano passado havia uma questão sobre as transformações da atividade agrícola, na qual era possível observar o intuito da banca em explorar um assunto, por vezes, pouco estudado, porém muito importante. Na década de 1970, houve a Revolução Verde, que consistia na utilização e máquinas, insumos agrícolas. A partir daquele momento, todo tipo de empreendimento agrícola que visava um lucro maior, implantou esse modelo de agricultura moderna. Na última década a questão mais debatida na área é a disputa entre alimentos transgênicos versus alimentos orgânicos, sendo fundamental saber a diferença e características de ambos. Antes de finalizar esse tópico, vale dizer que a prova também pode trazer alguma questão sobre reforma agrária e o aumento das propriedades produtoras de soja, que estão diretamente ligadas, devido à luta de divisão de terras.

 

Bônus!

Política Internacional – BREXIT

Este tema é uma aposta para o exame deste ano, devido ao processo de saída do Reino Unido (RU) da União Europeia (UE). A sigla BREXIT é a abreviação das palavras em inglês Britain (Grã-Bretanha) e exit (saída).  Os principais motivos que determinaram essa saída foram: o incômodo do Reino Unido com o tamanho da União Europeia, que a cada vez aumenta o número de países com economias bem pequenas; Interferência da UE na política econômica do RU; Crescimento do nacionalismo e pouca identidade com a Europa, além da aversão à entrada de imigrantes. Esses fatores contribuíram para que a população votasse a favor da saída do Reino Unido da União Europeia. A banca do ENEM costuma cobrar assuntos da atualidade e esse processo político ocorreu entre os meses de junho e julho de 2016.

É isso aí, pessoal! Essas são algumas dicas que podem fazer a diferença nessa reta final dos estudos. Foco total! Bons estudos!

Professor Diogo

PenseBem

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *