Como a água que você consome é tratada?

Você já parou para pensar que quase toda a água potável que consumimos se transforma em esgoto? Esse esgoto volta para os rios que, uma vez contaminados, podem conter microrganismos que causam diversas doenças, como diarreia, hepatite, cólera, febre tifóide, entre outras. Além dos microrganismos, as águas dos rios e lagos contém diversas partículas que também precisam ser removidas antes do consumo humano. É, então, necessário um tratamento adequado dessa água.

 

Etapas básicas do tratamento da água:

 

  • Peneiração (gradeamento): elimina as elementos maiores, como peixes, latas, garrafas etc.
  • Pré-cloração: adição de cloro assim que a água chega à estação, para facilitar a retirada de matéria orgânica e metais.
  • Pré-alcalinização: adição de cal (CaO) ou soda (NaOH) à água, para ajustar o pH aos valores exigidos.
  • Coagulação ou floculação: as partículas sólidas muito menores e mais leves se aglomeram em flocos, para que sejam removidas mais facilmente. Este processo consiste na formação e precipitação de hidróxido de alumínio (Al(OH)3), que é insolúvel em água e “carrega” as impurezas para o fundo do tanque.

Após o ajuste do pH, adiciona-se o sulfato de alumínio (Al2(SO4)3), que irá dissolver na água e depois precipitar na forma de hidróxido de alumínio:

 

Dissolução:     Al2(SO4)3 (s)  → 2 Al3+(aq) + 3 SO42-(aq)

Precipitação:  Al3+(aq) + 3 OH(aq) → Al(OH)3 (s)

  • Decantação:os flocos formados vão sedimentando no fundo do tanque, “limpando” a água. Essa etapa acontece unicamente pela ação da gravidade
  • Filtração:a água da parte superior do tanque de decantação passa por um filtro que contém várias camadas de cascalho e areia e, assim, retiram as impurezas menores.
  • Desinfecção:é adicionado na água um composto bactericida e fungicida, por exemplo,  o hipoclorito de sódio (água sanitária, NaClO), o famoso ‘cloro’.

No Brasil ainda existe a etapa de fluoretação, onde adiciona-se uma substância que contenha flúor, para evitar a cárie.

 

1 – Represa;

2 – Captação e peneiração (gradeamento);

3 – Pré-cloração e pré-alcalinização;

4 – Floculação;

5 – Decantação;

6 – Filtração;

7 – Desinfecção e fluoretação;

8 – Reservatório;

9 – Distribuição;

10 – Redes de distribuição;

11 – Cidade.

Professora Flávia

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WeCreativez WhatsApp Support
Fale com a PenseBem no Whatsapp
Agende sua aula particular